2 anos de iPródigo: uma reflexão e alguns anúncios

por Equipe iPródigo

Há algo de revolucionário entre aqueles que aprendem e apaixonam-se pelo verdadeiro Evangelho – eles não se contêm e querem que todos o conheçam também! Às vezes, isso beira à inconveniência, pode gerar confusão e até fim de amizades. Não negamos que existam esses efeitos colaterais e alguns até ajam sem sabedoria. Mas há o lado positivo de ter alguém com o coração em chamas, tentando compartilhar aquilo que recebeu com os outros.

Esse desejo de expor e compartilhar as boas novas de Cristo leva homens e mulheres a entregarem sua vida, como os mártires fizeram de uma vez por todas e pastores e missionários o fazem dia após dia, ocupando-os com ovelhas e perdidos. Eles foram ressuscitados juntamente com Cristo, para viver as boas obras que Deus de antemão preparou para que andassem.  Isso também aconteceu há 494 anos, com Martinho Lutero, e (re)iniciou uma linhagem de homens piedosos, “dos quais o mundo não era digno”, que defenderam e anunciaram o verdadeiro Evangelho de Jesus.

Entretanto, essa paixão não deve ser vista como privilégio de pessoas especiais, mas um fruto da graça no coração de cada crente. Nem todos realizarão feitos que serão lembrados nos livros de história, mas temos boas obras preparadas de antemão para que andássemos nelas (Ef 2.10) – e elas são frutos do Evangelho. Assim como Cristo se entregou por amor, os cristãos entregam-se por amor.

Queremos dizer com isso que não existe ninguém muito incomum na equipe do iPródigo. Todos eram por natureza filhos da ira, todos faziam parte da afirmação “não há um justo sequer”, todos estavam longe. Mas Deus nos amou e nos trouxe à sua casa. E isso é valioso demais para não ser comunicado. Gostamo de falar das coisas boas que aconteceram conosco – até sobre a nota de 2 reais achada no chão ou o dia divertido que tivemos. Então, como não contar, anunciar, expressar algo infinitamente mais precioso que aconteceu conosco? Nosso site nasceu assim.

Existe um clichê comercial para estabelecimentos que fazem aniversário. Com certeza, você já o escutou: “é aniversário do _____, mas a festa é sua”. É brega, mas tem tudo a ver com um site que se chama iPródigo e faz dois anos de vida. É nosso aniversário e desejamos ser pródigos, como o pai da parábola (Lucas 15) foi com seus bens. Queremos humildemente presentear nossos leitores com o pouco que podemos compartilhar. Com o que temos, não dá pra fazer muita coisa (muito menos um banquete como aquele descrito por Jesus no fim da história), mas oferecemos algumas coisas boas. É nosso agradecimento a vocês, leitores e leitoras.

1) Novo layout: Temos uma nova disposição do conteúdo do site, que permite destacarmos alguns assuntos mais importantes e facilita a vida de quem procura material mais antigo.

2) Revista iPródigo: Agora você pode baixar gratuitamente o .pdf da nossa revista! Gostaríamos que todos tivessem acesso à versão impressa, mas ficamos felizes se você tiver pelo menos um “gostinho” do que foi esse projeto.

3) Sorteio do livro Pense: Com a ajuda da Editora Fiel, vamos sortear dois exemplares do novo livro de John Piper. Fique atento à nossa página no Facebook.

4) Jesus + Nada = Tudo: Assista essa série de vídeos do pastor Tullian Tchividjian.

 5) As 95 teses de Martinho Lutero: Confira o texto de hoje, que trata desse dia histórico que é o 31 de outubro.

6) Mais resenhas: em breve, você terá acesso a mais análises dos livros que são lançados no Brasil e no exterior.

7) Mais Pródcasts: sim, eles vão voltar. Aguarde!

Esperamos que todas essas novidades sejam proveitosas, para edificação da igreja e proclamação entre os perdidos. Que seu coração seja inflamado também por esse desejo de glorificar a Deus por meio do anúncio e exposição da mensagem do Evangelho. E que venham mais comemorações, se Deus assim o quiser! :-)

Em Cristo,

Equipe iPródigo

Tags: , , ,

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.