30 coisas para se lembrar no Seminário

por Burk Parsons

Burk Parsons
Burk Parsons

Em Janeiro, David Mathis e Jonathan Parnell, do Ministério Desiring God, começaram uma série entitulada Como permanecer Cristão no Seminário. Quando eu vi o título, fiquei imediatamente intrigado. Enquanto para alguns o título da série pode parecer uma presunção sem relevância, é precisamente este tipo de título que espero que capture a atenção daqueles que estão ou entrarão no seminário. A preocupação deles é apropriada, pois eles reconheceram acertadamente os muitos perigos, armadilhas e ciladas que existem ao longo da jornada pelo seminário.

Semana passada, David Mathis e Jonathan Parnell contactaram diversas pessoas e nos perguntaram se gostaríamos de escrever um post para a série, que tem o seguinte objetivo:

O objetivo é disponibilizar artigos desse tópico de forma que aqueles no seminário, ou aqueles que estão considerando entrar para o seminário, vejam essa etapa única da vida como um incrível potencial para crescimento – e assim não sejam pegos de guarda baixa e acabem “andando para trás”, digamos, em suas vidas cristãs. Temos a convicção que esse período de treinamento teológico tem um enorme impacto no futuro ministério. Ao tocarmos nesse assunto, adoraríamos servir a seminaristas agora para o bem da igreja amanhã.

Esse é precisamente o tipo de trabalho de um ministério específico que precisa ser feito para a igreja, e estou agradecido por ter sido convidado a contribuir com algumas ideias sobre esse assunto crucial.

Satanás está trabalhando dentro dos Seminários

Seminário é uma escola de graduação acadêmica, de fato, mas, mais fundamentalmente, é uma instituição de treinamento para aqueles que creem que foram chamados por Deus para dar sua vida inteira para cumprir a Grande Comissão – qualquer que seja o custo. Não deveria ser surpresa, então, saber que nosso Inimigo está nos seminários procurando alguém para devorar, acusar e iludir. Tendo cegado a mente dos incrédulos, sabemos que Satanás e seus subordinados estão constantemente guerreando contra os Cristãos professos, e em geral eles trabalham mais duro contra aqueles que estão diariamente engajados na batalha espiritual de anunciar a luz do evangelho de Jesus Cristo a um mundo em trevas. Há lugar melhor para trabalhar do que entre aqueles que estão em treinamento para destruir a fortaleza do Maligno?

Muitos homens que entram no seminário estão deixando o conforto e o apoio imediato de suas famílias, amigos, mentores e igrejas e estão entrando em um mundo bem mais perigoso do que percebem, com muito mais em jogo do que eles jamais poderiam imaginar, a saber: suas almas.

Apesar disso, estamos confiantes de que aquele que está em nós é maior do que aquele que está no mundo. Deus é por nós, ninguém pode, no final das contas, ser contra nós. E se um homem entra no seminário para depois negar a fé uma vez entregue aos santos, então é melhor para ele e muito melhor para a igreja que ele saia do seminário e do ministério para não fazer com que nenhum dos filhos de Deus se extravie e receba também uma sentença maior do que uma mera pedra amarrada em seu pescoço, pois sabemos que os mestres receberão julgamento mais severo.

30 Coisas para se Lembrar no Seminário

Alguns dias atrás, meu irmão, Trevin Wax, escreveu um artigo muito edificante chamado Quatro Coisa para se Lembrar no Seminário para essa mesma série, e pegando emprestado o tema de “coisas para se lembrar no seminário”, ofereço as ideias seguintes, em nenhuma ordem particular, com a finalidade de que meus irmãos no seminário e todos os crentes em treinamento para o ministério em qualquer nível e área do ministério possam achar alguns dos meus comentários úteis, reflitam nesses pontos, orem para que o Espírito Santo os dê sabedoria e humildade e que Ele guarde suas almas e anime-os a ter uma mente voltada para a verdade e um coração voltado para Deus.

1. Lembre-se por que você está no seminário – para a glória de Deus, o reino de Deus e o nome de Deus, não o seu próprio.

2. Lembre-se da bela simplicidade do evangelho de Jesus Cristo e sua necessidade de crescer na dependência do Senhor com uma fé como de uma criança e enraizada em uma doutrina bíblica.

3. Lembre-se da Grande Comissão, e deixa que ela esteja constantemente em primeiro plano no que lhe motiva e como o foco de seus estudos, discussões, seus artigos de pesquisa e suas orações.

4. Lembre-se de seus pastores e mentores, fale com eles e ore com eles o mais frequente que você puder, encontrando no seminário não apenas um único grande mentor, mas diversos homens dos quais você pode aprender – pastores comuns, de igrejas locais, presbíteros, diáconos e homens piedosos, sábios e mais velhos.

5. Lembre-se de sua fragilidade e viva de forma dependente e em comunidade, não como alguém solitário que é muito ocupado e muito esperto para estar genuinamente envolvido com outras pessoas na igreja.

6. Lembre-se das qualificações bíblicas para presbíteros e coloque seu coração nelas, não nas qualificações superficiais de homens.

7. Lembre-se de seu papel como estudante, que nunca está acima de seus professores, e sempre mostre respeito por eles, não os critique desnecessariamente, ore por eles e agradeça a Deus por eles como aqueles que cuidam de suas almas.

8. Lembre-se de que seus professores não são perfeitos, e seja como os Bereanos em seu estudo das Escrituras, nunca deixando que algum professor – não importa seus títulos ou livros – desmitologize sua fé.

9. Lembre-se da igreja, que é a fundação e fonte de seu treinamento e que você está lá por causa da igreja, o povo da aliança de Deus. Esteja comprometido, envolvido, e seja o mesmo homem na igreja enquanto você está no seminário que você deseja ser na igreja quando estiver fora do seminário.

10. Lembre-se que você não está treinando para ser uma glamorosa estrela da indústria do entretenimento, mas sim um servo que sacrifica a si próprio, a seus interesses e seus sonhos diariamente por amor a Deus e ao povo de Deus.

11. Lembre-se de que o seminário não é uma corrida de 100 metros, mas uma maratona de 3 a 5 anos, e falando de forma geral, quanto mais tempo você levar, mais profundo será o seu aprendizado e mais abrangente a sua formação.

12. Lembre-se de que a Bíblia não é apenas mais um dos seus livros texto, mas seu manancial diário de água viva pelo poder sustentador do Espírito Santo.

13. Lembre-se de que ir para o seminário não o torna necessariamente santo, mas, pela graça de Deus, deverá tornar. Crescer na graça e no conhecimento do Senhor Jesus Cristo irá, por necessidade, pô-lo de joelhos em arrependimento, fé e santidade autêntica.

14. Lembre-se de se afastar dos ídolos de ter um grande ministério, uma grande igreja, um grande nome e toda a pompa e circunstância de um ministério voltado para si mesmo.

15. Lembre-se de remir o tempo e trabalhar duro no seminário, reconhecendo que você não é mais um garoto de faculdade que pode desperdiçar seu tempo com jogo de futebol todo dia, horas na academia e finais de semana em frente à televisão assistindo todo jogo que passar.

16. Lembre-se de que o seminário é fácil se comparado com a vida no ministério de tempo intergral. Apesar de você não acreditar, comparativamente, a vida no seminário é divertida e simples, então seja diligente e disciplinado em seus estudos e treinamento.

17. Lembre-se do Dia do Senhor e que Deus criou esse dia para adorar, descansar e relaxar. Trabalhe bem para que você também possa relaxar bem, se divertir bem e descansar bem. Agende e mantenha tempos regulares em comunidade e desfrutando da companhia de outros homens.

18. Lembre-se de que nem todo mundo está no seminário pelas mesmas razões que você; portanto lembre-se de não se comparar desnecessariamente com outros alunos, pois Deus poderá usá-los e dar-lhes dons diferentes dos seus e diferente da forma como Ele o usará no Reino dele.

19. Lembre-se de que o seminário o preparará apenas parcialmente para o ministério. Apesar de ser uma parte importante, você também precisa estar envolvido na comunidade, na igreja e em casa.

20. Lembre-se de que o seminário é, principalmente, uma época para se aprender como aprender. É a época de se aprender como estudar e onde estudar, então não fique desencorajado por tudo o que você esquece e tudo o que você descobre que não sabe.

21. Lembre-se de que o seminário lhe expõe à grande beleza da teologia fundamentada na Bíblia através dos séculos de história da igreja, o que deve lhe ensinar em como entender e qual deve ser o seu tom na maneira como você lida na igreja com os irmãos que você não concorda.

22. Lembre-se de não desenvolver sua teologia baseado em quanto você gosta do seu professor, o estilo de ensino dele e a formação que ele possui, mas tenha discernimento e seja o mais objetivo possível enquanto você estabelece aquilo que você acredita, não empilhando o número de estudiosos respeitados em dois lados de um debate teológico, mas através do estudo para se mostrar aprovado diante de Deus.

23. Lembre-se de sua esposa e família como a sua primeira responsabilidade, não apenas para se livrar do divórcio ou para manter a aparência de felicidade por causa do seu ministério, mas para mostrar o evangelho em seu casamento através do amor sacrificial pela sua esposa, amando-a de forma autêntica assim como Cristo amou a igreja. Nunca faça de uma hora de estudo mais importante do que ajudar sua esposa a lavar a louça. Pois o que pode ganhar um pastor se ele ganha toda a igreja, mas perde sua família?

24. Lembre-se de manter seus olhos fixos em Cristo, que é o autor e consumador da sua fé e que irá sempre o sustentar no seu chamado. Portanto coloque sua confiança e seu futuro no cuidado dele, não em suas próprias habilidades, inteligência ou títulos acadêmicos.

25. Lembre-se de que você não está lá para aprender como ser um oportunista-político-pragmático-relacional-do-seu-próprio-reino, mas um pastor de almas com princípios.

26. Lembre-se de que você não está treinamento para ser um mestre sobre homens ou um mestre em divindade, mas um pastor-servo de homens e um despenseiro de Deus que diariamente se ajoelha e jura fidelidade ao Senhor e derradeiro amor de sua vida.

27. Lembre-se de que o ministério pastoral contempla dois chamados abrangentes – o ministério da oração e o da Palavra – portanto se entregue a oração e a Palavra – não apenas para ler e falar, mas para ouvir, meditar, ter comunhão; e não apenas para falar que você fez essas coisas, mas por amor da sua própria alma.

28. Lembre-se de que o Espírito Santo é o seu derradeiro mestre, advogado, conselheiro, confortador e amigo, então se entregue a Ele poderosamente para se fortalecer em meio aos momentos de força e fraqueza, confiança e medo, e Ele sempre lhe susterá e voltará à luz do rosto dele sobre você.

29. Lembre-se de que você não está no seminário primariamente para ganhar um título acadêmico, mas para aprender como e o que significa alimentar ovelhas, lavar os pés e morrer para o “eu”.

30. Lembre-se do seu primeiro amor.

Finalmente, que nós sempre nos lembremos das palavras do Conde Nicolaus Von Zinzendorf (1700–1760), e que as palavras dele ajude a definir nossos ministérios: “Pregue o evangelho, morra e seja esquecido”.

Tags: , , ,

Traduzido por Alex Daher | Reforma21.org | Original aqui

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.