Busca pela alegria

Você sabia que Deus nos ordena que sejamos felizes?

Deleita-te no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração” Salmo 37.4

por John Piper

por John Piper

1) Deus nos criou para sua glória

“Direi ao Norte: Dá; e ao Sul: Não retenhas; trazei meus filhos de longe, e minhas filhas das extremidades da terra; a todo aquele que é chamado pelo meu nome, e que criei para minha glória, e que formei e fiz.” Isaías 43.6-7

Deus nos fez para engrandecer a sua grandeza – da mesma forma como telescópios ampliam as estrelas. Ele nos criou para colocar a sua bondade, sua verdade, beleza, sabedoria e justiça em exposição. A maior demonstração da glória de Deus vem do mais profundo prazer em tudo o que ele é. Isto significa que Deus recebe o louvor e nós ganhamos o prazer. Deus nos criou porque ele é mais glorificado em nós quando estamos mais satisfeitos nele.

2) Todo homem deve viver para a glória de Deus

“Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais qualquer outra coisa, fazei tudo para glória de Deus” 1 Coríntios 10.31

Se Deus nos fez para a sua glória, é claro que devemos viver para sua glória. Nosso dever vem do seu desígnio. Portanto, nossa primeira obrigação é mostrar o valor de Deus por estar satisfeito com tudo o que ele é para nós. Esta é a essência de amar a Deus (Mateus 22:37) de confiar nele (1 João 5:3-4) de ser grato a Ele (Salmo 100:2-4). É a raiz de toda verdadeira obediência, especialmente de amar o próximo (Colossenses 1:4-5).

3) Todos nós falhamos em glorificar a Deus como deveríamos

“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” Romanos 3.23

O que significa ”destituídos da glória de Deus”? Significa que nenhum de nós confiou e estimou a Deus da maneira que deveríamos. Nós não ficamos satisfeitos com a sua grandeza e não andamos em seus caminhos. Temos buscado nossa satisfação em outras coisas, e as tratamos como mais valiosas do que Deus, e isso é a essência da idolatria (Romanos 1:21-23). Desde que o pecado entrou no mundo todos nós temos sido profundamente resistentes a ter Deus como nosso tesouro todo-satisfatório (Efésios 2:3). Isto é uma ofensa terrível contra a grandeza de Deus (Jeremias 2:12-13).

4) Todos nós estamos sujeitos à justa condenação de Deus

“O salário do pecado é a morte…” Romanos 6.23

Todos nós diminuímos a glória de Deus. Como? Por preferir outras coisas acima dele. Por nossa ingratidão, desconfiança e desobediência. Então, Deus é justo em deixar-nos fora do gozo de sua glória para sempre. “Eles vão sofrer o castigo da eterna destruição e exclusão da presença do Senhor e da glória do seu poder” (2 Tessalonicenses 1:9).

A palavra “inferno” é usada no Novo Testamento doze vezes – onze vezes pelo próprio Jesus. Não é um mito criado por pregadores tristes e irritados. É um aviso solene do Filho de Deus que morreu para livrar os pecadores de sua maldição. Ignorar é um grande risco.

Se a Bíblia parasse aqui na análise da condição humana, estaríamos condenados a um futuro sem esperança. No entanto, ela não pára aqui…

5) Deus enviou seu único filho, Jesus, para oferecer a vida eterna e a alegria

“Fiel é esta palavra e digna de toda a aceitação; que Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais sou eu o principal” 1 Timóteo 1:15

A boa notícia é que Cristo morreu por pecadores como nós. E ele levantou-se fisicamente dos mortos para validar o poder salvífico da sua morte e abrir as portas da vida eterna e da alegria (1 Coríntios 15:20). Isto significa que Deus pode absolver pecadores culpados e continuar sendo justo (Romanos 3:25-26). “Porque Cristo morreu pelos pecados de uma vez por todas, o justo pelos injustos, para levar-nos a Deus” (1 Pedro 3:18). Ir para Deus é onde toda a satisfação profunda e duradoura é encontrada.

6) Os benefícios adquiridos com a morte de Cristo pertencem àqueles que se arrependem e confiam nele

“Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, de sorte que venham os tempos de refrigério, da presença do Senhor” Atos 3.19

“Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo” Atos 16.31

“Arrependei-vos” significa passar de todas as promessas enganosas do pecado “Fé” significa estar satisfeito com tudo o que Deus promete ser para nós em Jesus “Aquele que crê em mim”, disse Jesus, “nunca mais terá sede” (João 6 : 35). Nós não merecemos a nossa salvação. Nós não podemos merecê-la (Romanos 4:4-5). É pela graça por meio da fé (Efésios 2:8-9). É um dom gratuito (Romanos 3:24) . Teremos que se estimá-lo acima de todas as coisas (Mateus 13:44). Quando fazemos isso, o alvo de Deus na criação é realizado: Ele é glorificado em nós e estamos satisfeitos nele – para sempre.

Isso faz sentido para você?

Você deseja este tipo de alegria que vem de estar satisfeito com tudo o que Deus é para você em Jesus? Se sim, então Deus está trabalhando em sua vida.

O que você deve fazer?

Fuja das promessas enganosas do pecado. Chame Jesus para te salvar da culpa, punição e do aprisionamento. “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” (Rm 10:13). Comece a depositar sua esperança em tudo o que Deus é para você em Jesus. Quebre o poder das promessas do pecado pela fé na satisfação das promessas de Deus. Comece a ler a Bíblia para encontrar suas grandes e preciosas promessas, que têm poder para te libertar (2 Pedro 1:3-4). Encontre uma igreja que creia na Bíblia e comece a adorar e crescer junto com outras pessoas que estimam Cristo sobre todas as coisas (Filipenses 3:7).

A melhor notícia do mundo é que não existe qualquer conflito necessário entre a nossa felicidade e a santidade de Deus. Estar satisfeito com tudo o que Deus tem para nós em Jesus é engrandecê-lo como um grande Tesouro.

“Você me deu a conhecer o caminho da vida, você vai me encher de alegria em sua presença, com prazeres eternos na sua mão direita”. (Salmo 16:11)

By John Piper. © Desiring God - Texto original

Traduzido por: Gustavo Vilela | iPródigo

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.