Como gloriar-se em Jesus

por Jamie Munson

Jamie Munson
Jamie Munson

“Quem se gloriar, glorie-se no Senhor” Coríntios 1:31

“Glorie-se em Jesus” é uma daquelas exortações de igreja que nós cristãos frequentemente lançamos ao vento sem pensar muito. O que isso quer dizer? Significa redirecionar todos os elogios a Deus? Agradecer a Deus depois de marcar um gol ou durante discursos de agradecimento? É afirmação para estampar em nosso dinheiro?

Essas formas comuns de se gloriar em Deus muitas vezes (embora talvez nem sempre) equivalem a palavras vazias. Aqui estão seis modos de ir além de meras palavras:

1) Reconhecer que tudo se resume a Jesus.

No contexto de 1 Coríntios 1:31, Paulo desaconselha os coríntios a obter sua auto-estima a partir de realizações pessoais e creditar a salvação à sua própria amabilidade. Jesus é o início e o fim de todas as coisas; nós não. Isso nos constrange a viver uma vida marcada pela graça e pela humildade.

2) Desfrute dos feitos, mas não tome a glória para si.

Deus nos criou para trabalhar, e há uma satisfação santa em um trabalho bem feito. De fato, Jesus quer que façamos um bom trabalho (Mateus 25:21). Problemas surgem, porém, quando começamos a obter nosso valor, identidade e segurança a partir de nossas realizações. Passamos da dependência de Deus para a auto-confiança.

3) Aprenda com as frustrações, mas não se permaneça nelas.

Mutuamente, quando falhamos ou quando a vida fica difícil, podemos nos gloriar em Deus ao confiarmos nele. Permanecer nas frustrações revela uma fé investida naquilo que foi perdido em vez de uma fé enraizada no Deus infalível.

[tweet link=”http://iprodigo.com/?p=6062″]Permanecer nas frustrações revela uma fé investida naquilo que foi perdido em vez de uma fé enraizada no Deus infalível[/tweet]

4) Busque e pratique humildade e arrependimento.

Levaremos créditos que não merecemos. Todos faremos cara feia para as frustrações. Seremos todos pegos perseguindo nossa própria glória em vez da glória de Deus. Isso não é uma desculpa mas, ao contrário, um motivo para a verdadeira humildade (não do tipo “da boca para fora”) e arrependimento constante, que nos mantêm perto de Jesus e de sua vida e morte em nosso lugar.

5) Resgate os dons, desejos e paixões que lhe foram dadas.

Possivelmente, Deus abençoou você com um talento incrível, grande riqueza, uma mente perspicaz etc. Pense em como usar seus dons para o Reino. Isso pode ser simplesmente fazer o que você faz com excelência e então fielmente colocar à disposição as influências, relacionamentos e recursos que Deus concedeu a você, ou poderia ser, mais especificamente, aplicar seus dons no trabalho do ministério.

6) Abrace e participe do trabalho e da missão de Jesus.

Dê, sirva e se torne um membro em sua igreja. Seja hospitaleiro com seus vizinhos e compartilhe sua vida e as coisas que Deus deu a você. Fale sobre o agir de Deus em sua vida. Convite outros a conhecê-lo.Viva generosamente e mostre que sua esperança, sua confiança, seu valor – sua glória – estão em Jesus.

Traduzido por Carla Ventura | iPródigo.com | Original aqui

Tags: , ,

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.