Liderança + Férias em Família (3)

por C.J Mahaney

Por C.J. Mahaney
Por C.J. Mahaney

Para ler a segunda parte dessa série, clique aqui

6. Intencionalmente juntos

Férias em família são férias em FAMÍLIA! No final das contas, férias em família é sobre estar juntos em família, aprofundando nossos relacionamentos com os outros, conversando e rindo juntos, e encorajando os outros. É sobre contar as mesmas histórias (ainda mais detalhadas) e rir ainda mais que da última vez.

É sobre estar juntos como família. O que uma família faz junta é muito mais importante que para onde uma família vai junta. É possível investir muito dinheiro em férias familiares e não experimentar o aprofundamento dos relacionamentos enquanto família. É possível ter férias baratas que são verdadeiramente saudáveis no que importa – desenvolver relacionamentos íntimos como família, e criar memórias que fazem diferença, tudo para a glória de Deus.

Portanto, o propósito de uma viagem transcende o local e transcende um filho individualmente ou a preferência pessoal de um membro da família. Um pai sábio prepara seus filhos para férias em FAMÍLIA, e ele ajusta as expectativas de todos desta maneira antes das férias, e observa essas expectativas durante a viagem. Isto protege as férias de se tornarem meramente um contexto onde cada familiar está egoisticamente procurando suas preferências sem consideração pela família. Lembre-se, são férias em FAMÍLIA, a fim de unir a família e aprofundar os relacionamentos entre os membros.

7. Gratidão a Deus.

Férias em família significam férias em FAMÍLIA
Férias em família significam férias em FAMÍLIA

Mais importante, os pais devem usar suas férias como uma oportunidade de expressar gratidão a Deus. Férias em família são possíveis somente por causa da bondade e generosidade de Deus.

Férias são um dom de Deus. Quero que minha família perceba a bondade e generosidade de Deus a cada dia, e quero que eles expressem sua gratidão a Deus cada dia. Mas, para que isso aconteça, precisamos de corações e olhos que discirnam. Portanto, no início de uma viagem, eu equipo minha família com discernimento teológico, porque é possível que sejamos abençoados por Deus, mas não percebermos ou agradecermos a Deus. Pais, é nosso privilégio e responsabilidade ser modelo de gratidão a Deus para nossa família durante as férias.

Ano passado, no começo de nossas férias, li a seguinte citação de C.S. Lewis para minha família e gastei alguns minutos preparando-lhes para nossas férias, e para a resposta apropriada a Deus a cada dia durante nossa viagem. Lewis escreve:

Prazeres são raios da glória quando atingem nossa sensibilidade… Tenho tentado fazer cada prazer um canal de adoração. Não quero dizer simplesmente agradecer por eles. É claro que se deve dar graças, mas eu quis dizer algo diferente… Gratidão exclama, muito apropriadamente: “que bom que Deus me deu isso”. Adoração diz: “Quais devem ser as qualidades deste Ser cujas longínquas e momentâneas fulgurações [tive de olhar no dicionário essa!] são assim!” A mente volta-se do raio de sol para o sol… Se isto é hedonismo, é também uma disciplina um tanto árdua. Mas é digna de todo labor.

Eu amo essa citação. É perfeita para férias. Note como Lewis distingue gratidão e adoração. Eu não quero apenas que meus filhos sejam gratos a Deus (“Que bom que Deus me deu isso”), mas, no fim das contas, quero que eles estejam maravilhados com esse Deus, maravilhados das “qualidades deste Ser”, que providenciou todos esses dons, e que eles o adorem.

Descanse em casa!
Descanse em casa!

Informei minha família de tudo que planejamos para nossas férias, e os informei que não somente queria agradecer a Deus por cada um desses dons, mas meditar sobre o Deus que pensou e criou essas atividades, e perceber o que isso revela sobre Deus, de maneira que podemos apropriadamente adorá-lo. Portanto, deixe suas férias serem cheias de sons de gratidão, e também momentos de adoração merecida. Percebamos que tudo que experimentamos revela algo sobre o próprio Deus! Você pode aplicar isso a cada e todo momento e atividade em suas férias, não importa para onde você vai ou o que você faz. Essa citação e seu conteúdo tornaram-se o tema de toda nossa viagem ano passado. Eu oro para que sirva a você de maneira similar esse ano.

Conclusão

Pais, espero que algumas das lições que aprendi nesse anos e os erros que fiz, e pecados que cometi na as férias, de alguma forma, sirvam a você e façam diferença em sua experiência de férias. Nesse verão, está diante de você uma doce oportunidade de Deus para aprofundar relacionamentos entre os membros da família e criar memórias que seus filhos nunca esquecerão, memórias que sobreviverão a você.

Você pode descansar quando voltar pra casa.

Traduzido por Josaías Jr | iPródigo

Tags: , , , , ,

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.