Não há vida melhor

por Tim Challies

O velho catecismo diz bem: o fim principal do homem é glorificar Deus e gozá-lo para sempre. Você e eu existimos para a glória de Deus. Na verdade, tudo existe para a glória dele. Nós já sabemos disso. Mas como? Como glorificamos a Deus? Quero listar quatro maneiras simples de glorificar a Deus todos os dias.

Glorifique a Deus admirando-o

Você glorifica a Deus admirando-o, apreciando-o por quem ele é e pelo que tem feito. Nós vemos diversos exemplos de cada na Bíblia.

Observe Paulo admirando Deus no fim de Romanos 11. Paulo fica o tempo todo falando sobre a grande necessidade que o homem tem de Deus e sobre a grande provisão de Deus em Jesus Cristo. Depois disso, ele não consegue se conter: “Ó profundidade da riqueza, tanto da sabedoria como do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis, os seus caminhos! Quem, pois, conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Ou quem primeiro deu a ele para que lhe venha a ser restituído? Porque dele, e por meio dele, e para ele são todas as coisas. A ele, pois, a glória eternamente. Amém!” (Romanos 11.33-36). Ele teve de entoar essa pequena canção de adoração, esse pequeno cântico que traz glória a Deus.

Você também pode admirar Deus por quem ele é, ponderando seu caráter e atributos. Vemos isso na pequena doxologia no fim de Judas: “Ora, àquele que é poderoso para vos guardar de tropeços e para vos apresentar com exultação, imaculados diante da sua glória, ao único Deus, nosso Salvador, mediante Jesus Cristo, Senhor nosso, glória, majestade, império e soberania, antes de todas as eras, e agora, e por todos os séculos. Amém” (Judas 24-25). Judas considera quem Deus é e, naturalmente, glorifica-o.

Você glorifica Deus ao admirar seu caráter e seus caminhos. Você tem por costume admirar Deus?

Glorifique a Deus adorando-o

Você glorifica Deus adorando-o. Pense no Salmo 29, o qual começa assim:

Tributai ao Senhor, filhos de Deus, tributai ao Senhor glória e força
Tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome, adora ao Senhor na beleza da sua santidade.
Ouve-se a voz do Senhor sobre as águas;
troveja o Deus da glória, o Senhor está sobre as muitas águas
A voz do Senhor é poderosa;
a voz do Senhor é cheia de majestade.

Adoração é um dos grandes privilégios da vida cristã. Adoração é atribuir a Deus o valor que ele tem. É “a arte de perder o seu eu na adoração a outrem”. Quando o adoramos, damos a ele honra, o engrandecemos à vista daqueles que se juntam a nós. Nós declaramos que ele é o centro e o propósito de toda a nossa existência. Deus é glorificado nesse tipo de adoração em que nos deixamos de lado.

Você ama adorar? Você se utiliza de todas as oportunidades para adorar? Você adora por amor a Deus e para a sua glória?

Glorifique a Deus obedecendo-lhe

Você glorifica Deus obedecendo-lhe. Isso é verdade seja você expressando obediência por meio do caráter ou de ação. Você glorifica Deus vivendo uma vida de obediência, fazendo as coisas que ele diz para fazer e recusando aquilo que ele proíbe. O Novo Testamento nos diz, com a clareza de um cristal, que há um velho jeito de viver, o qual Deus nos ordena a largarmos, e um novo modo de vida, o qual ele fala-nos para abraçarmos.

Quando você para de pecar, mortifica os atos e os desejos maus, você engrandece a Deus, e traz glória ao seu nome. Viver de forma justa e, ainda mais, quando você procura viver assim, você faz o nome de Deus grande. Por que? Porque você prova que o poder de Deus está ativo em você.

Deus é glorificado em sua santidade, não em seu pecado. Você vive em santidade para que Deus seja glorificado? Deus é glorificado em suas ações altruístas e não em seus atos egoístas. Você ama servir os outros?

Glorifique a Deus deleitando-se nele

Por fim, você glorifica Deus deleitando-se nele. Deleitar-se em Deus é ter grande afeição por ele, achar seu coração inclinado para ele e achar alegria última nele. É amar e se dedicar a fazer aquilo que o engrandece. É engajar tudo o que você é e tudo o que tem na busca por Deus. Como Jesus disse, “Amarás o Senhor teu Deus, de todo o coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento” (Lucas 10.27). Quando você se deleita em Deus, você expressa um amor livre e desejoso por ele. Você o vê como o grande tesouro, digno de se sua busca e digno de sua afeição.

Eu amo como Thomas Watson colocou: “Verdadeiros santos são serafins, queimando em amor santo por Deus”. Isso poderia ser dito sobre o seu ardente amor por Deus?

Não há vida melhor

Deus faz tudo para sua glória. Se você conseguir ter isso mente e no coração, isso transformará o modo como vê o mundo e a forma como você vive nele. Isso irá mudar tudo. Isso irá permitir com que você deixe o seu orgulho e posição, enquanto Deus é glorificado. Permitirá que você abra mão de sonhos e de pecados entesourados, enquanto Deus é glorificado. Irá permitir que você abra mão de sua vida, crendo firmemente que Deus será glorificado. Não há vida melhor do que a vida vivida para a glória de Deus.

Traduzido por Filipe Schulz | Reforma21.org | Original aqui

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.