O cantor desafinado

por Tim Challies

O evangelho da prosperidade não produziu uma nova geração de grandes hinos cristãos. Nem a Confissão Positiva ou o Cristianismo Progressista. Há uma razão pela qual não deveríamos esperar por isso. O fato é que as canções mais profundas vêm das verdades mais profundas. As canções mais fiéis vêm das expressões mais fiéis da fé cristã. As canções mais ricas vêm do entendimento mais rico de quem Deus é o que Deus fez.

Como cristãos, nos é dito que devemos cantar a partir do evangelho, uns com os outros, para o Senhor – um resumo de Colossenses 3.16, que diz “Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração”. Conforme Paulo escreve para a igreja em Colossos, seu desejo é que eles percebam que todo cristão precisa de aulas de canto. Se queremos cantar uma canção que glorifica o Senhor, primeiro precisamos aprender algumas lições.

A primeira lição é: o evangelho precisa ser a base de sua canção. Antes de cantar uma música que glorifique a Deus, a palavra de Cristo – o evangelho – precisa habitar em você. Paulo havia acabado de dizer “E a vós outros, que estáveis mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne, vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos; tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz” (Colossenses 2.13-14). Essa é uma mensagem gloriosa, uma que vale a pena cantar a respeito. Não há nada melhor que isso em todo o universo, literalmente. Você nunca ouvirá uma mensagem melhor, mais doce e mais preciosa. Se você deseja cantar uma canção que glorifica a Deus, você precisa primeiro ter uma rica e doce mensagem habitando em você.

A segunda lição é: o evangelho precisa habitar ricamente em você. Não é o suficiente ser habitado pelo evangelho. Antes que você possa cantar – realmente cantar – você precisa que o evangelho habite ricamente em você. Para habitar profundamente em você, a mensagem precisa ser rica. Você não pode se encher de uma mensagem rasa, tola e fraca e esperar que ela habite ricamente. E isso é exatamente o porquê de o evangelho da prosperidade não ter produzido a próxima geração de grandes hinos da fé cristã. É por isso que não buscamos nas igrejas dominadas pela confissão positiva por músicas ricas e centradas no evangelho. Onde há uma mensagem rasa e não bíblica, haverá também músicas rasas e não bíblicas. Por outro lado, uma mensagem rica gera uma habitação rica, e essa rica habitação gera rica contemplação, e essa rica contemplação gera ricas canções.

Quando cantamos a Deus, proclamamos quem ele é, o que ele fez e o que ele requer de nós. Também suplicamos, clamando por aquilo que o faz se deleitar em seu povo. Se isso é verdade, há um requerimento para que haja substância em nossas músicas. Temos milhares de grandes músicas ao nosso dispor, então por que perder tempo com canções que não dizem praticamente nada? Quanto mais rico nosso entendimento de Deus, mais ricas serão as nossas expressões de louvor e mais ricas e ousadas as nossas petições quando cantarmos. Se conhecemos Deus apenas como aquele que distribui riquezas, nossas músicas apenas não pedirão nada além de prosperidade. Se conhecemos Deus como fraco e mais ou menos santo, nossas músicas irão falar de um Deus muito pequeno e indigno de nossa adoração. Mas se conhecemos Deus como ele é e se conhecemos o que ele conquistou por meio de seu Filho, nossas músicas serão cheias de ricas e doces verdades.

Cantamos melhor quando o evangelho habita ricamente em nós. Deus não está observando a perfeição dos tons em que cantamos. Ele está observando o coração. Tom e ritmo importam, mas quando você se levanta com a congregação e canta ao Senhor, é o seu coração que é muito mais importante. Você pode ser absolutamente desafinado e ainda assim cantar belas canções aos ouvidos de Deus quando o evangelho está habitando ricamente e quando você canta exultante no Salvador.

Tags: , , , ,

Traduzido por Filipe Schulz | Reforma21.org | Original aqui

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.