Os mortos não podem ver

por Mike Riccardi

Mike Riccardi
Mike Riccardi

No último post, falamos sobre o conceito de morte espiritual, ou o que é geralmente chamado de “depravação total”. Vimos que a avaliação bíblica da humanidade é que estamos mortos espiritualmente, e que se vamos ter qualquer acesso ou relacionamento com Deus, devemos nascer de novo. Essa doutrina ilustra vividamente quão absolutamente somos impotentes para ganhar favor diante de Deus. Não contribuímos para nossa salvação mais do que um bebê contribui para o seu nascimento. Ou, dito de outra forma, não contribuímos para nossa salvação mais do que um cadáver contribui para ser ressuscitado. Por essas razões, essa doutrina é também geralmente chamada de “incapacidade total”.

Mas como eu comecei a dizer no final do último post, o que significa ser espiritualmente morto? Digo, pessoas descrentes estão vivas, certo? Elas estão andando por aí, indo ao trabalho, tendo famílias, fazendo coisas. O que significa quando a Bíblia diz que as pessoas estão mortas? Bem, na interação de Jesus com Nicodemos, encontramos algumas percepções sobre a natureza dessa morte espiritual, assim como a natureza do novo nascimento que Ele diz ser necessário.

Havia, entre os fariseus, um homem chamado Nicodemos, um dos principais dos judeus. Este, de noite, foi ter com Jesus e lhe disse: Rabi, sabemos que és Mestre vindo da parte de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não estiver com ele. A isto, respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo que, se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.

Agora, por que Jesus respondeu a Nicodemos dessa maneira? Nicodemos chega a Ele respeitosamente. Ele O chama, “Rabi,” e “Mestre.” Ele ainda chega louvando-O pelos sinais e maravilhas que Ele está realizando. E ele ainda testifica a divindade de Jesus, reconhecendo que Deus é com Ele! Você deve pensar que Jesus responderia elogiando Nicodemos. Mas Ele não elogia. Nem de perto. Ele diz a ele: “se alguém não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus.” O que é isso?

Bem, em Mateus 12.28, Jesus diz, “Se, porém, eu expulso demônios pelo Espírito de Deus, certamente é chegado o reino de Deus sobre vós”; Ele identifica os milagres feitos por ele com o reino de Deus. Então, quando Jesus diz a Nicodemos – que está glorificando-O pelos Seus milagres – que ele não pode ver o reino de Deus, não é uma coincidência. Com efeito, Jesus está dizendo a Nicodemos, “Ouça, você deve pensar que está vindo aqui me louvar por esses sinais que estou fazendo, mas você não pode realmente ver esses sinais pelo o que eles são e o que eles foram destinados a fazer. Porque você está espiritualmente morto. Você precisa nascer de novo para ver essas coisas, para ver o reino de Deus.”

Jesus está dizendo a Nicodemos que ele não pode acreditar porque ele não pode ver. Ele fala assim em outros lugares.

  • João 8.43-47 – Qual a razão por que não compreendeis a minha linguagem? É porque sois incapazes de ouvir a minha palavra. … Quem é de Deus ouve as palavras de Deus; por isso, não me dais ouvidos, porque não sois de Deus.
  • João 10.24-29 – … Mas vós não credes, porque não sois das minha ovelhas…

“Vós não me entendem porque sois incapazes de ouvir a minha palavra” (João 8.43-47). “Vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas, e somente as minhas ovelhas acreditam em mim” (João 10:24-29). E aqui: “Você não acredita porque você não pode ver.

Então, Jesus está dizendo a Nicodemos – e a todos nós – “Se você não nascer de novo, você não pode ver o reino de Deus.” Há aqui uma conexão entre nova vida espiritual e a capacidade de ver. Essa conexão é também confirmada em João 1.4: “A vida estava nele e a vida era a luz dos homens.”

Então, aqui temos esses dois conceitos entrelaçados de novo: Vida e Luz. João 1.4 ensina que vida espiritual e verdadeira é achada somente em Jesus. E, então, o próprio Jesus é a Luz que  resgata homens da escuridão. Ele é a Luz que os permite ver. (confira também João 8.32, 12.46).

“Mas, espere um segundo. Como assim Nicodemos não pode ver? Ele está olhando diretamente para Ele! Se ele não pode ver os milagres, como ele saberia glorificar Jesus por eles?” “O que você quer dizer com, ‘Você não pode ouvir Minhas palavras’ (João 8.43)? Se eles não podem Te ouvir, por que Você está falando com eles?”

Essas são perguntas legítimas. Evidentemente, todos nós podemos olhar para algo, percebê-lo com nossos olhos, e realmente não vê-lo. Aparentemente, podemos ouvir alguém falar, e realmente não ouvi-lo. A Bíblia muitas vezes fala dessa forma.

  • Mateus 13.3-14: Por isso, lhes falo por parábolas; porque, vendo, não vêem; e, ouvindo, não ouvem, nem entendem. De sorte que neles se cumpre a profecia de Isaías: Ouvireis com os ouvidos e de nenhum modo entendereis; vereis com os olhos e de nenhum modo percebereis.
  • Deuteronômio 29.2-4:  Chamou Moisés a todo o Israel e disse-lhe: Tendes visto tudo quanto o Senhor fez na terra do Egito, perante vós, a Faraó, e a todos os seus servos, e a toda a sua terra; as grandes provas que os vossos olhos viram, os sinais e grandes maravilhas; porém o Senhor não vos deu coração para entender, nem olhos para ver, nem ouvidos para ouvir, até ao dia de hoje.

Podemos ouvir com nossos ouvidos, mas não entender com nosso coração. Podemos ver com nossos olhos, mas não perceber com nosso coração. Porque nosso coração está morto. Mais um versículo:

  • 2 Coríntios 4.3-6: Mas, se o nosso evangelho ainda está encoberto, é para os que se perdem que está encoberto, nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é imagem de Deus. Porque não nos pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor e a nós mesmos como vossos servos, por amor de Jesus. Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá luz, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo.

 Então, o que queremos dizer quando falamos sobre morte espiritual? Como a morte espiritual se manifesta?

Morte espiritual é a ausência da Luz necessária para  ver Jesus e Seu reino como eles realmente são, a saber, glorioso e extremamente desejável.

Pessoas espiritualmente mortas podem olhar diretamente  para a glória de Cristo – sejam eles governantes dos judeus no antigo Oriente testemunhando milagres, ou americanos lendo suas Bíblias – e podem ser totalmente não afetadas. Jesus parece tolo. Ou Ele parece com uma muleta mítica e psicológica feita para pessoas fracas. Ou Ele é apenas chato. Porque se não nascermos de novo, não podemos ver Cristo pelo o que Ele é.

Assim, essas passagens nos ensinam que fé em Cristo – nossa vida espiritual –  é a mesma coisa que ver Jesus Cristo como SUPREMA e INCOMPARAVELMENTE GLORIOSO!

Então, aqui está a figura: estamos mortos, o que significa que não podemos ver as coisas como elas são. Quando somos regenerados – quando Deus decide, graciosamente, dar nova vida – temos novos olhos para que possamos ver. Agora, somos capazes de avaliar as coisas como elas realmente são… avaliar o pecado como ele realmente é, e avaliar Jesus como Ele realmente é, comparar os dois, e fazer uma escolha. E agora, finalmente, vendo a glória perfeita de Jesus em toda a Sua plenitude, e vendo o lixo podre do pecado e dos “prazeres” mundanos ao lado dele, com seus olhos novos em folha que podem realmente ver as coisas, você escolhe Jesus.

Esse é o momento da fé. Você é espiritualmente desperto, o que significa que você recebeu olhos que realmente podem ver. Você vê a beleza de Cristo, e você acredita que Ele é o Filho de Deus que se fez homem, que viveu uma vida perfeita e morreu no seu lugar para pagar a pena que incorreu pelo seu pecado. Você acredita que não há outro caminho de achegar-se a Deus além da Sua justiça. E porque você finalmente O vê, Ele é tão doce para você. Você O ama! Você não pode resisti-lO! E você O abraça com braços abertos e alegres de fé, e será salvo.

Se isso aconteceu com você, alegro-me contigo! Deixe-me exortá-lo a entender seu novo nascimento desta forma, isto é, como tendo recebido olhos para ver a glória de Deus na face de Jesus Cristo pelo o que ela é.

Se isso não aconteceu com você, alegro-me que você tenha lido isso. Deixe-me exortá-loa reconhecer e admitir que você é, como a Bíblia diz, espiritualmente morto. Reconheça que você nunca recebeu olhos para ver, e assim Jesus não tem sido essa pessoa convincentemente gloriosa e supremamente desejável; Ele tem sido chato, ou insensato, ou doente. Confesse isso a Deus. Diga a Ele que você está arrependido, que você nunca considerou o Seu Filho como Ele merece, e ore para que Ele lhe conceda vida espiritual, que Ele lhe dê olhos para ver.

Porque Deus, que disse: Das trevas resplandecerá a luz, ele mesmo resplandeceu em nosso coração, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Cristo. (2 Coríntios 4.6)

De fato, a vontade de meu Pai é que todo homem que vir o Filho e nele crer tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia. (João 6.40)

Tags: ,

Traduzido por Pedro Vilela | Reforma21.org | Original aqui

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.