Sua procrastinação é pecado

por Joe Thorn

por Joe Thorn

Por anos, fui um sério  procrastinador. De fato, acho que poderia ter me profissionalizado (se fosse algo pago). Eu fazia o que muitos estudantes fazem, evitando seus compromissos até o último minuto. Mas, me justificava chamando isso de “gerenciamento de tempo” e mostrando uma grade horária rígida. É claro que isso não estava limitado a fazer trabalhos na faculdade. Era algo real em minha vida no geral. Em poucas ocasiões, e em alguns contextos diferentes, fui desafiado quanto à minha procrastinação. Mas ignorei todos esses desafios. Não achava ninguém convincente até que meu amigo Jonathan Edwards apareceu. Um dia, me assustei lendo seu tratado Procrastinação, ou, O Pecado e a Tolice de Depender do Tempo Futuro, e aquilo me esmagou da melhor maneira.

Por que procrastinação é errada? Edwards argumenta que a procrastinação desafia a graça de Deus, assumindo que ele nos deu um tempo futuro, quando, na verdade, nosso tempo pode ser curto. Não sabemos se teremos ou não um amanhã, então devemos sabiamente fazer o melhor com o tempo que Deus nos deu.

Isso exige que nós, por um lado, não dependamos do tempo futuro, enquanto, pelo outro, não concluamos que não temos amanhã. “Temos boas razões para não depender de outro dia, enquanto não temos razão para concluir que não viveremos mais um”.  Ele diz:

…devemos viver cada dia tão conscientes e tão santos como se soubéssemos que é nosso último. Devemos ser cuidadosos todos os dias para evitar todo pecado, como se soubéssemos que naquela noite, nossa alma será pedida. Devemos ser cuidadosos de cumprir toda obrigação que Deus exige de nós…

Mas, em muitos outros aspectos, não somos obrigados a nos comportar como se concluíssemos que não vamos viver outro dia. Se tivéssemos razão para concluir que não viveríamos outro dia, algumas coisas que agora são obrigações não seriam nossas obrigações.

Procrastinação é um pecado feio, que nos afasta de envolver-se e desfrutar os dons e responsabilidades que Deus nos dá. Ele nos diz que podemos brincar com nossos filhos outra hora, levar nossa esposa para sair no próximo mês, ou terminar aquele projeto em algum momento mais para frente porque Deus nos deve um futuro. É um jeito de fugir das coisas que Deus nos chamou para fazer hoje.

A resposta não é simplesmente “pare de procrastinar”, mas viver com um senso de que hoje poderia ser nosso último dia, porém, também com o entendimento de que precisamos nos preparar para o amanhã que Deus deve nos dar. Isso significa que não desperdiçaremos tempo em pecado e tolice, nem abandonaremos trabalhos importantes e planejamento equilibrado. Significa que exultaremos e nos alegraremos no dia que o Senhor fez. Significa que faremos o que Deus nos deu para fazer, porque nisto glorificaremos e nos deleitaremos nele, enquanto somos fiéis a nosso chamado.

Traduzido por Josaías Jr | iPródigo | original aqui

Tags: , , ,

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.