Visionários Lentos

por Kevin DeYoung

Kevin DeYoung
Kevin DeYoung

Deus usa a obediência duradoura e na mesma direção para o progresso do Evangelho.

O que nós precisamos é de menos revolucionários e um pouco mais de visionários lentos. Este é o meu sonho para a igreja – o povo redimido de Deus se agarrando firmemente a uma visão de obediência piedosa e da glória de Deus, e perseguindo essa piedade e essa glória com uma consistência implacável, muitas vezes despercebida, e lenta.

Pra ser sincero, não há nada de errado em querer uma revolução de amor ou uma revolução de esperança. Eu posso até imaginar um bom caso de revolução de literatura bíblica ou algo assim. O problema é que todo esse papo de revolução sugere que o que nós precisamos é de mais cristãos prontos para fazer o check-out e acabar com tudo, quando na minha opinião precisamos de mais cristãos dispostos a fazer o check-in e seguir adiante.

Nossos empregos são muitas vezes mundanos. Nosso tempo devocional frequentemente parece um desperdício. Cultos na igreja são esquecíveis, com frequência. É a vida. Dirigimos para os mesmos lugares, seguimo a mesma rotina com os nossos colegas de trabalho, compramos os mesmos mantimentos no mercado e aparamos a mesma grama toda primavera e verão. A igreja muitas vezes é a mesma também – mesma doutrina, mesma ordem básica de culto, mesmo pregador, mesmas pessoas. Mas em toda essa miudez e mesmice, Deus trabalha – como a menor das sementes crescendo para alturas inacreditáveis, como o amado Tíquico, aquele fiel ministro, entregando a epístola e os cumprimentos do apóstolo (Efésios 6:21-22). A vida geralmente é bem comum, da mesma forma que seguir Jesus na maioria dos dias. Disciplina diária não é uma revolução a cada manhã ou um agente de transformação global a cada tarde; é a obediência duradoura na mesma direção.

A igreja não é uma parte incidental do plano de Deus. Jesus não convidou as pessoas a se unirem a um movimento anti-doutrinário, anti-religião e anti-institucional de amor, harmonia e reintegração. Para ter certeza, ele mostrou às pessoas como viver. Mas ele também os chamou ao arrependimento, os chamou à fé, os chamou para fora do mundo e os chamou para dentro da igreja.

[O amor] tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” (1 Coríntios 13:7). Se nós realmente amamos a igreja, sofreremos com ela em suas falhas, daremos suporte em suas lutas, creremos que ela é a noiva amada de Cristo e esperaremos por sua glorificação final. Eu ainda acredito que a igreja é a esperança do mundo – não porque esteja tudo bem com ela, mas porque ela é um corpo que tem o Cristo por cabeça.

Não desista da igreja. O Novo Testamento não sabe nada sobre um cristianismo sem igreja. A igreja invisível é para cristãos invisíveis. A igreja visível é para você e para mim.

Traduzido por Daniel TC | iPródigo | Texto original aqui.

Tags: ,

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.