Você está sugando sua igreja?

por Ryan Shelton

Quando eu era adolescente, comprei a ideia de que a igreja local apenas impossibilitava o meu estilo e colocava uma barreira para alcançar uma “espiritualidade autêntica”. Parei de frequentar os cultos por um tempo, até que achei uma igreja diferente e descolada, do outro lado da cidade, cheia de jovens atrativos e relevantes. A música era ótima; a pregação, afiada; e a atmosfera, empolgante.

Por alguns meses, eu cruzei a cidade – aproximadamente uma hora de ida e outra de volta – para ir aos cultos NA igreja. Era um lugar em expansão, com seis cultos lotados a cada fim de semana. E, se eu chegasse tarde, eu não poderia entrar, pois os bombeiros ficavam de olho na capacidade máxima do local.

Isso tudo acabou, para mim, na semana em que o pastor falou algo perturbador aos meus ouvidos. Eu me lembro que foi algo mais ou menos assim:

Para aqueles que vêm aqui toda semana achando que basta isso para estar bem com Deus, vocês estão errados. Alguns de vocês estão vindo do outro lado da metrópole, e não estão realmente conectados com a igreja. Se você apenas está vindo aqui, não se envolvendo com os pequenos grupos, não servindo na enfermaria, no estacionamento, na recepção – se você veio apenas por causa da banda ou para me ouvir –vá para outro lugar. Você é um sanguessuga. E para ser sincero, nós poderíamos usar o seu lugar.

Isso foi algo muito difícil de se ouvir mas, hoje, posso atestar que isso foi o mais amoroso presente que recebi. Foi o meu último fim de semana naquela igreja e, então, comecei a procurar uma igreja local onde eu pudesse servir no contexto de reais relacionamentos.

Mais do que comparecer

Eu continuo crescendo em amor pela minha igreja local. Uma das formas pela qual Deus faz com que isso aconteça é me ensinando que adoração é mais do que comparecer.

Quão maravilhoso é o projeto de Deus na criação da igreja! Deus poderia, imediata e diretamente, ter derramado a sua graça sobre nós, dando-nos todo o alimento que precisamos para a nossa vida cristã. Mas, em sua sabedoria, ele escolheu operar por meio das pessoas, e não apenas nas devoções pessoais. E, especialmente, quando a igreja se reúne em adoração.

Pense sobre isso, a última vez que você sentiu a poderosa intervenção de Deus em sua vida em uma reunião de adoração. Considere quantas pessoas Deus usou para transmitir graça para você.

  • Pode ter sido um pregador que passou dias estudando a passagem para explicar de forma clara para você.
  • Pode ter sido um músico que gasta várias horas praticando as canções para que elas fossem inspiradoras e musicalmente satisfatórias.
  • Pode ter sido um compositor que derramou verdades bíblicas e as articulou para formar uma bela poesia.
  • Pode ter sido um funcionário do estacionamento suando a camisa para que a sua minivan – e a dos outros – pudesse andar em meio ao congestionamento antes e depois dos cultos.
  • Pode ter sido alguém que trabalha na cozinha que fez a comida para que o seu estômago não ficasse roncando, já que você esqueceu de tomar o café da manhã.
  • Pode ter sido algum santo sentado ao seu lado que, levantando a mão, o encorajou de que algumas verdades são empolgantes.

De diversas formas, a última vez em que Deus derramou graça sobre você em um culto de fim de semana, considere quantas pessoas estiveram envolvidas.

Receba de Deus, dê aos outros

Eu fico maravilhado com o fato de que Deus me encontra das formas mais profundas por meio de pessoas ordinárias que fazem mais do que simplesmente comparecerem aos cultos no domingo. E me enche de grande alegria pensar que, por meio de minha participação, alguém pode ir para casa dizendo: “Deus realmente se encontrou conosco hoje”.

Fico agradecido por eu ter recebido uma palavra dura há muitos anos, mas, talvez, você não precise ser chamado de sanguessuga para perceber que a reunião da igreja é mais do que simplesmente comparecer. Reúna-se no próximo fim de semana esperando receber de Deus das mais diversas formas, por meio de uma dúzia de pessoas. E reflita sobre como Deus pode usar os seus dons para que Ele abençoe os outros por meio de você. Receba dele, e se lembre das palavras de Jesus enquanto você trabalha: é melhor dar do que receber.

Tags: , , ,

Traduzido por Victor Bimbato | Reforma21.org | Original aqui

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.