#ConferênciaFiel 2011 – Dia 01

por Equipe iPródigo

Fala galera! Estamos aqui na Conferência Fiel e nessa semana faremos a cobertura junto com o Voltemos ao Evangelho! Confira o resumo da palavra de ontem, feita pelo Voltemos. Se quiser assistir ao vivo a Conferência, clique aqui.

Sillas Campos: O testemunho de Paulo, um grande evangelista

Texto base: Romanos 1: 16-32

Sillas Campos iniciou a Conferência com uma motivação bíblica para o evangelismo, mostrando como Paulo estava determinado e pronto para pregar o Evangelho pois esta é uma mensagem (1) poderosa (para salvação), (2) onde se descobre a justiça de Deus que vem pela fé e (3) que expõe o pecado humano e a resposta de Deus ao mesmo.

Expondo melhor o 3º ponto, Sillas mostra que Paulo não afirmou que a ira de Deus só se manifestará no juízo final, mas que já se manifesta dos céus (v.18). A forma que essa ira é manifestada algumas vezes é notória e outras não. A forma que Paulo expõe em Romanos 1 é o “abandono de Deus às paixões infames, às concupiscências de seus corações, à imundícia”.  O homem rejeitou o conhecimento de Deus e escolheu seguir desejos pecaminosos. Deus, então, demonstrando sua ira, retira a barreira moral da consciência e entrega tais pecadores ao “sentimento perverso” que optaram.

Logo, não devemos desanimar diante do decaimento moral da sociedade, pensando que o diabo estaria de alguma forma vencendo, pois Deus está ativamente e passivamente derramando a sua ira. Mas também não devemos, como Jonas, negar o Evangelho da salvação a esta sociedade corrupta.

No meio de toda depravação humana, o Evangelho continua sendo o poder de Deus para salvação. Pregue este maravilhoso Evangelho com ousadia e diga como Paulo: “eu não tenho tempo para brincar com o pecado ou para buscar as riquezas deste mundo; eu irei fazer algo muito mais importante: pregar o Evangelho”.

Tags: , , ,

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.