Por que a doutrina da eleição é preciosa para mim

Por Juan Sanchez
Por Juan Sanchez

Para alguns, a doutrina da eleição (a decisão livre e soberana de Deus de escolher um povo para a salvação desde a fundação do mundo – Efésios 1.3-6) é um pensamento abominável, que produz grande medo e preocupação. Entretanto, eu sugiro que um claro entendimento desta doutrina produziria, ao contrário, esperança e segurança. Deixe-me compartilhar algumas das razões pelas quais a doutrina da eleição é tão preciosa pra mim.

A doutrina da eleição é preciosa para mim porque é bíblica. Em uma demonstração de amor do Pai pelo Filho, Ele dá um povo específico ao Filho (João 6.37). Esta verdade é evidente no testemunho do livro de Apocalipse, quando se declara que os únicos a entrar no paraíso eterno são aqueles cujos nomes estão escritos no livro da vida do Cordeiro (Apocalipse 21.27).  João mais tarde testifica em Apocalipse 13.8 que aqueles nomes estavam escritos neste livro antes da fundação do mundo. Em outras palavras, um fruto do amor do Pai por Jesus é nossa salvação. O Pai fez uma decisão livre e soberana de salvar um povo como dádiva para o Filho e para Sua própria glória, desde a fundação do mundo (veja também João 8.47; João 10.26-29; Romanos 9.10-16).

A doutrina da eleição é preciosa para mim porque assegura minha salvação. Jesus declarou que todo aquele que o Pai o deu viria a Ele, e que Ele jamais lançaria fora alguém que veio a Ele (João 6.37). Jesus se deleita em receber e guardar aqueles que  o Pai o deu porque Ele veio para fazer a vontade do Pai (João 6.38-40), e a vontade do Pai é que Jesus não perca nenhum daqueles que o Pai o deu, mas que Ele os ressuscite todos no último dia (João 6.39).

A doutrina da eleição é preciosa para mim porque me encoraja a perseguir a santidade. Paulo lembrou os tessalonicenses que “Deus os escolheu como os primeiros frutos para serem salvos, mediante a santificação do Espírito e a fé na verdade.” (2 Tessalonicenses 2.13, ESV). A Bíblia nos assegura que, embora agora estejamos apenas sendo gradualmente conformados à imagem de Cristo (2 Coríntios 3.18), na glorificação seremos completamente conformados à imagem dele (Romanos 8.29).

A doutrina da eleição é preciosa para mim porque é a base da segurança da minha salvação. Porque Deus dá um povo ao Filho, e porque o Filho recebe este povo e os guarda, eu estou seguro de que nunca serei lançado fora (João 6.37), nem perecerei, nem serei arrancado da mão de Jesus (João 10.28). Você pode imaginar uma segurança assim? O Deus que predestina para a salvação (eleição) assegurará que todos aqueles a quem Ele chama à salvação, no final, serão glorificados (Romanos 8.30).

A doutrina da eleição é preciosa para mim porque me encoraja a compartilhar o Evangelho e me dá esperança de fruto no evangelismo e em missões. Não somente o Pai deu um povo ao Filho (João 6.37), e não somente o Filho recebe esse povo e os guarda (João 6.37-39), mas o Pai também assegura que aqueles que Ele dá ao Filho virão ao Filho. É a vontade do Pai que todo aquele que crer no Filho tenha a vida eterna (João 6.40), e aqueles que creem podem vir somente  se o Pai os atrair (João 6.44,65). Portanto, se o Pai dá pessoas ao Filho, e Ele assegura que essas pessoas venham ao Filho, então nós podemos estar seguros de que o evangelismo e as missões darão fruto (Atos 13.48), e podemos encontrar encorajamento nas palavras de nosso Senhor a Paulo: “Não tenha medo, continue falando e não fique calado, pois estou com você, e ninguém vai lhe fazer mal ou feri-lo, porque tenho muitos nesta cidade que são meu povo” (Atos 18.9-10, ESV).

Finalmente, a doutrina da eleição é preciosa para mim porque me motiva a valorizar muito a Deus (verdadeira adoração) e pouco a eu mesmo (humildade). Que possamos entender a eleição, que ela possa nos livrar do orgulho pessoal e mover-nos a adorar o Senhor Soberano em toda Sua glória e graça.

* Juan Sanchez é Pastor Sênior da Pointe Baptist Church em Austin, Texas, e membro do concílio da Gospel Coalition.

Traduzido por Josaías Jr | iPródigo

Tags: , ,

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.