Pureza Real

por Hafeez Baoku

Hafeez Baoku
Hafeez Baoku

O relógio marcava 2 da manhã quando meu telefone começou a tocar. Ao levantar da cama, olhei para o identificador de chamadas: era o meu melhor amigo. De início fiquei tentado a ignorar a ligação mas, para ele estar me ligando aquela hora da madrugada, deveria ser uma emergência.

Quando peguei o telefone, ele imediatamente confessou ter feito sexo com uma de suas colegas de classe no dia anterior. Pelo tom desanimador de sua voz, eu já sabia que ele estava chorando antes de ligar.

“Não posso acreditar que fiz sexo de novo, cara”, ele disse. “Estou enojado e cansado de cair em pecados sexuais. O que está errado comigo e por que fico fazendo isso comigo?”

Meu amigo não é um novo cristão. Ele é o líder do ministério no campus da faculdade dele, e em muitas ocasiões liderou estudos bíblicos sobre o tema ‘pureza sexual’. Ele participa de um grupo de discipulado semanal que envolve prestação de contas, um grupo de jovens homens na comunidade dele. La Bíblia regularmente e está profundamente envolvido em sua igreja local. Apesar de ter feito tudo certo no popular checklist cristão, ainda assim caiu em pecado sexual. Ele não é um hipócrita; é um pecador que precisa da graça de Jesus Cristo para fazê-lo puro.

Sim para a Piedade

Quando a maioria de nós ouve a palavra pureza, nossas mentes automaticamente pensam em abstinência ou virgindade, mas pureza é bem maior que ambos. Uma pessoa pode ser virgem, mas ainda assim não ser pura. Uma pessoa pode ser casada e nunca ter tido um caso extraconjugal e ainda assim não ser pura. Por outro lado, uma pessoa pode ser pura mesmo tendo um passado de promiscuidade sexual. Pureza não se trata apenas de dizer não para o sexo antes do casamento. Pureza não se trata apenas de dizer sim para o sexo dentro do casamento. Pureza é dizer sim para a piedade.

A palavra grega para pureza usado no Novo Testamento é hagneia, que também pode ser traduzida como “vida sem pecado”. Apesar de olharmos para as palavras “sem pecado” e automaticamente nos excluímos de sermos puros por conta dos pecados em nosso passado, estamos nos esquecendo de que, como cristãos, nossa identidade se baseia naquilo que Cristo fez por nós. Quando Deus olha para nós, Ele não vê pecadores perversos e maus que Ele é forçado a amar porque não achou ninguém melhor. Ele nos vê como santos justos e irrepreensíveis por quem Ele voluntariamente morreu na cruz movido por um irresistível amor.

Note que toda vez que Paulo escreve suas cartas às igrejas do Novo Testamento, ele sempre se refere a seus destinatários como santos, não como pecadores. Mesmo à igreja de Corinto – uma das mais imorais, rebeldes e sexualmente promíscuas – Paulo se refere como santos por causa da identidade deles com Cristo: “À igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus e chamados para serem santos, juntamente com todos os que, em toda parte, invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso” (1 Coríntios 1.2).

Como santos imaculados, a pureza é possível para todos nós. Como 1 João 1.9 diz: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça”. Quando submetemos nossa sexualidade a Cristo, confessamos a Deus e aos outros quando pecamos e proativamente lutamos contra o pecado todo dia, somos puros, independentemente do que fizemos em nosso passado. Por isso a pureza não é meramente definida a partir de atos sexuais, mas também pela fidelidade em buscar a Deus com nossas intenções e pensamentos do nosso coração.

Pureza é possível

Para todos aqueles que caíram em pecado sexual no passado ou estão atualmente lutando com ele, jamais se esqueçam de que sua identidade em Cristo é baseada naquilo que Deus fez por você. Sei que posso facilmente começar a me condenar por causa das minhas experiências sexuais passadas. Começo a pensar que Deus pode estar me negando alguma alegria por causa dos pecados que cometi. Ao invés de crer em Sua Palavra e promessas, começo a crer nas mentiras da minha mente, e esses pensamentos começam a afetar negativamente meu relacionamento com Deus e com os outros.

Somente pela graça de Deus pessoas imperfeitas – que tropeçam todos os dias – podem se apresentar sempre puras diante de um Deus santo e perfeito. E somente através do poder sobrenatural do Espírito Santo nós podemos proativamente lutar contra o pecado e superar as lutas.

Tags: , , ,

Traduzido por Alex Daher | Reforma21.org | Original aqui

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.