A grama do vizinho sempre é mais verde

por Equipe iPródigo

Fala, galera! Encerramos nossa série sobre os Dez Mandamentos falando sobre o Décimo Mandamento e a função da Lei na vida do crente. Participação de muita gente: Schulz, Josa, Gustavo, Daniel, Mari, Fernanda e Pedrinho (o silencioso). Contamos novamente com a participação especial do Rev. Emilio Garofalo Neto para nos explicar o que significa “não cobiçar” – talvez o mandamento mais complicado de todos, porque envolve nosso coração! Então, confira o que temos a dizer sobre esse assunto aqui no  Pródcast. Escute e deixe sua opinião!

Duração: 46:10

Programação: 1ª Parte – Boas-vindas e apresentação  (0’33”) | 2ª Parte – Indicações (2’56”) | 3ª Parte – Conversa: A grama do vizinho sempre é mais verde (8’56”)

Confira, ouça, comente e critique.  Queremos ouvir o que você pensa. Além disso, desejamos muito que você nos ajude a melhorar o Pródcast! Então, esperamos seu comentário aí embaixo!

Em Cristo,

Equipe iPródigo.

Textos bíblicos usados

Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo. (Êxodo 20.17)

Que diremos pois? É a lei pecado? De modo nenhum. Mas eu não conheci o pecado senão pela lei; porque eu não conheceria a concupiscência, se a lei não dissesse: Não cobiçarás. Mas o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, operou em mim toda a concupiscência; porquanto sem a lei estava morto o pecado. E eu, nalgum tempo, vivia sem lei, mas, vindo o mandamento, reviveu o pecado, e eu morri. E o mandamento que era para vida, achei eu que me era para morte. Porque o pecado, tomando ocasião pelo mandamento, me enganou, e por ele me matou. (Romanos 7.7-11)

Tu sabes os mandamentos: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; não defraudarás alguém; honra a teu pai e a tua mãe. Ele, porém, respondendo, lhe disse: Mestre, tudo isso guardei desde a minha mocidade. E Jesus, olhando para ele, o amou e lhe disse: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me.  (Marcos 10.19-21)

Sejam vossos costumes sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei. (Hebreus 13.5)

Todos os servos que estão debaixo do jugo estimem a seus senhores por dignos de toda a honra, para que o nome de Deus e a doutrina não sejam blasfemados. E os que têm senhores crentes não os desprezem, por serem irmãos; antes os sirvam melhor, porque eles, que participam do benefício, são crentes e amados. Isto ensina e exorta. (1 Timóteo 6.1-2)

Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. (1 Timóteo 6.9)

Não te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniqüidade. (Salmos 37.1)

Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; pouco faltou para que escorregassem os meus passos. Pois eu tinha inveja dos néscios, quando via a prosperidade dos ímpios. (Salmos 73.2-3)

Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo. (1 Pedro 2.2)

Foste chamado sendo servo? não te dê cuidado; e, se ainda podes ser livre, aproveita a ocasião. (1 Coríntios 7.21)

Citados no Pródcast

 

Tags: , , , , , , , ,

Produzido pela Equipe Reforma21.org | Assine o Pródcast

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.